Para proporcionar um ambiente de inclusão e apoio para crianças com TEA (Transtorno do Espectro Autista), é preciso que os professores saibam reconhecer as características destes pequenos. Logo, fazer uma Pós-Graduação para Autismo é uma ótima opção.

Mas, qual especialização, dentro deste tema, um educador deve cursar para compreender como lidar com crianças com TEA? No artigo de hoje falaremos sobre isso. Continue a leitura!

Pós-Graduação para Autismo: qual fazer?

O dia a dia de um educador é cheio de desafios, demandas e necessidades novas que surgem. 

Portanto, dar continuidade aos estudos e se especializar é essencial para se manter atualizado e entender melhor como lidar com diversas situações.

Além de te ajudar a desenvolver novas habilidades e competências, uma Pós-Graduação para Autismo, por exemplo, fornecerá a você um novo olhar sobre o tema, ao mesmo tempo em que te fornece informações necessárias para saber como lidar com diversas situações. 

Por isso, se você, professor, gostaria de trabalhar ou tem em sua sala de aula crianças com autismo, a melhor Pós-Graduação para você é a de Transtorno do Espectro Autista – TEA da Rhema.

Nesta Pós-Graduação, você compreenderá como realizar diagnósticos de seus alunos com TEA, além de entender como são os comportamentos destes pequenos e como eles aprendem.

Assim, você saberá como intervir e propor estratégias que auxiliem no desenvolvimento pleno destas crianças.

Conhecendo mais sobre a Pós-Graduação em TEA da Rhema

O TEA é um transtorno que afeta a interação, comunicação e aprendizagem das crianças.

Portanto, entender mais sobre os comportamentos e outras características destes pequenos e conhecer metodologias e estratégias eficazes é a solução para fazer a diferença na vida destas crianças.

Com aulas on-line e ao vivo, a Pós-Graduação em TEA da Rhema tem como base evidências científicas que buscam trabalhar no contexto escolar e familiar:

  • O diagnóstico;
  • A intervenção;
  • O tratamento;
  • As estratégias de ensino mais eficazes.

Além disso, com esta nossa Pós-Graduação, você, educador, poderá atuar em diversos locais:

  • Salas de aula;
  • Escolas inclusivas;
  • Setor de Educação Especial em Secretarias de Educação;
  • Grupos de apoio;
  • Atendimento clínico, etc.

E não para por aí: você ainda contará com uma equipe multidisciplinar composta por mais de 600 professores para ter uma experiência pedagógica diferenciada.

Ficou curioso(a) para saber o que você aprenderá nesta Pós-Graduação? Algumas das disciplinas que você irá cursar são:

  • Introdução ao TEA: cognição, linguagem, interação e políticas públicas;
  • Neurobiologia do TEA: modelos neurológicos e terapia medicamentosa;
  • Atividades práticas na intervenção da criança com TEA;
  • Metodologia de ensino da comunicação do aluno – Método PECS;
  • ABA – Análise do Comportamento aplicada no TEA;
  • Alfabetização no Transtorno do Espectro Autista;
  • Desenvolvimento Neuropsicomotor na criança com TEA;
  • Plano de ensino individualizado para a criança com TEA e Projeto Terapêutico Singular;
  • Portfólio de atividades práticas e muito mais!

Educador, você está pronto para aprofundar seus conhecimentos em nossa Pós-Graduação em TEA, promover com sucesso a inclusão e construir mais oportunidades para estes pequenos?

Chegou a hora de se especializar e mudar a vida dos seus alunos! 

Fale com um de nossos consultores agora mesmo acessando aqui.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome