Olá professor!

Você sabia que o tônus, a postura e o equilíbrio fazem toda diferença no processo de aprendizagem se forem estimulados?

Melhorar o equilíbrio e a tonicidade das crianças é possível com atividades simples, úteis e contribuem essencialmente para o cognitivo dos pequenos.

O estímulo à movimentação do corpo na infância não só reflete na aprendizagem, mas também, na formação integral da criança.

E é sobre este assunto, que vamos falar hoje em nosso Blog.

Então confira este artigo e adquira agora mesmo o seu curso on-line clicando neste link

PSICOMOTRICIDADE-ATIVIDADES PARA ESTIMULAR O EQUILÍBRIO E A TONICIDADE NAS CRIANÇAS

Melhorar o equilíbrio, a postura e a tonicidade das crianças é possível com algumas atividades bem simples. Algumas, além de úteis, são extremamente divertidas!

Estudos que relacionam a psicomotricidade ao processo de alfabetização afirmam que correr, pular e saltar são essenciais para o desenvolvimento infantil e para o desempenho escolar. A psicomotricidade integra os saberes e, através do movimento, estimula o raciocínio e as sinapses no sistema neurológico.

O estímulo à movimentação do corpo na infância não só reflete na aprendizagem, mas também, na formação integral da criança. Pois é uma ciência que considera o desenvolvimento cognitivo, afetivo e motor dentro de um ambiente social, o trabalho envolve um olhar sensível com as crianças, com o objetivo de propiciar vivências significativas e estimular o desenvolvimento de forma harmoniosa e integral. 

É justamente em momentos como esses que a criança está desenvolvendo suas habilidades motoras, dentre elas, o equilíbrio, que constitui a base para várias outras. 

Afinal, praticamente todo movimento que executamos exige equilíbrio, que pode ser tanto dinâmico, relacionado com a capacidade de movimentar-se de maneira adequada, quanto estático, que tem relação com a capacidade de nos mantermos em posição ereta, sem desvios ou oscilações, mesmo com a gravidade atuando sobre nosso corpo.

Além do equilíbrio ser fundamental para atividades do dia a dia da criança como: andar, pular e ficar em pé, ele também representa muito para a aprendizagem, principalmente na parte da alfabetização. Pois crianças que apresentam pouco equilíbrio, podem também apresentar dificuldades para abrir e fechar o olho durante a leitura, e escrever em linha reta por exemplo.

Algumas atividades podem auxiliar no desenvolvimento desta habilidade, que pode ser o equilíbrio estático e dinâmico.

Equilíbrio estático

É o equilíbrio parado, onde a criança exerce mais a concentração de ficar em pé e trabalha o peso sobre os membros inferiores e o equilíbrio de tronco e membros superiores.

Dica de atividade:

Pular amarelinha– esta e uma ótima atividade para trabalhar tanto o equilíbrio estático e dinâmico. Exige da criança um estímulo grande para desenvolver a coordenação motora.

De um lado para o outro– Peça para o aluno jogar todo peso do corpo para o lado direito. Então peça para ela levantar a perna esquerda, mantendo-a esticada. Veja quanto tempo ela consegue ficar nessa posição sem se mexer muito. Repita o exercício com o outro lado.

Equilíbrio Dinâmico

Equilibrio dinâmico é o equilíbrio enquanto a criança se movimenta, pula, corre, escala. Muito importante para a lateralidade e aprendizagem dos pequenos.

Dica de atividade:

Marchar: cantar uma música como “1,2 feijão com arroz” para que as crianças, para que elas marchem ao seu ritmo.

Pular com um só pé-  para equilibrar-se em um pé só. Cole uma fita crepe no chão. Depois, peça para a criança pular com um pé só sobre a fita. Ainda, usando a fita como referência, peça para seu aluno pular para a frente e para trás ou ainda para saltar em ziguezague. Essa atividade é indicada para crianças acima de 3 anos.

Essas simples atividades podem ser colocadas em prática tanto em casa quanto na escola. Com elas, você vai garantir que seu aluno desenvolva uma das habilidades motoras básicas para seu crescimento.

Desenvolvimento psicomotor- Tonicidade

A tonicidade é tem a ver com o tono muscular, é fundamental no desenvolvimento motor, é ela a responsável a postura, às mímicas, as emoções, de onde vem todas as atividades motoras humanas. Tonicidade é a postura dos músculos que fixa nas articulações em algumas posições determinadas, sendo assim solidária umas com as outras, que em seu conjunto compõem a atitude, a ação.

A tonicidade é ampla e abrange todos os músculos responsáveis pelas funções biológicas e psicológicas, ela também tem uma ligação com a forma do ser humano se relacionar seja ela verbal ou não verbal, tendo como principal característica seu baixo nível energético, que possibilita ao indivíduo manter-se em pé por longas horas sem se quer mostrar algum cansaço. Dessa forma, não tem como separar a tonicidade e o equilíbrio da psicomotricidade.

Atividades que desenvolvam esse tônus, é tão importante quanto atividades para desenvolver o cognitivo dos alunos. Para isto, realizar com ludicidade estratégias para estimular o equilíbrio, o tônus e a postura são fundamentais.

Dica de atividade para tonicidade

Bambolê: trabalha tônus muscular, dissociação de quadril (porque para mantê-lo girando, é preciso movimentar o quadril, como um rebolado. É possível também rodá-lo em outras partes do corpo: no pescoço, nos braços e nas pernas…), equilíbrio, ritmo e flexibilidade.

Futebol: desenvolve senso de direção, coordenação motora, habilidades psicomotoras como a lateralidade, noções de espaço, tempo e ritmo, sociabilidade e confiança, tônus muscular, entre outras.

Trabalhar a Psicomotricidade é algo que muitos professores já sabem que é fundamental, porém ainda surgem muitas dúvidas, em como fazer, qual idade exata para cada movimento, e muitas vezes, como identificar um atraso no desenvolvimento psicomotor? Como intervir e como estimular seu desenvolvimento?

Sabemos que estas dúvidas geram muitos desafios e para isto preparamos um curso on-line focado em estratégias, dicas e informação de qualidade para que faça toda diferença em sala de aula e no desenvolvimento psicomotor de seus alunos. É só clicar, adquirir e fazer a diferença em sala de aula.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome