Olá Professores,
 
Você sabe o que é Síndrome de Asperger? 
 
Para esclarecer esta e outras dúvidas, conheça 7 Sinais que auxiliará você na identificação deste Transtorno tão pouco conhecido.
 
Apesar do que muitos pensam, a Síndrome de Asperger é muito diferente do Autismo, crianças com Asperger não apresentam grandes atrasos no desenvolvimento da fala e nem sofrem com comprometimento cognitivo grave.
 
Por isso, a matéria de hoje no nosso Blog traz 7 Sinais para identificar esta Síndrome,e ainda, os tratamentos adequados para auxiliar na melhora de seus pequenos.
 
Vamos conferir?
 
O QUE É A SÍNDROME DE ASPERGER? SETE SINAIS PARA IDENTIFICÁ-LA!
 
Já sabemos que é na infância que os primeiros sinais de qualquer tipo de Transtorno aparecem, pois ela é um período crucial no desenvolvimento cognitivo e pessoal de cada pessoa.
 
No entanto, a sociedade e muitas vezes os pais, não tem conhecimento de alguns aspectos ou comportamentos, e não entendem os sinais de um Transtorno.
 
E dentre todos os aspectos imprescindíveis, está a Síndrome de Asperger.
A síndrome de Asperger é uma condição psiquiátrica semelhante ao autismo, que se manifesta desde a infância e provoca alterações na forma de se relacionar e de se comunicar com os outros.
 
Ao contrário do que ocorre no autismo, contudo, crianças com Asperger não apresentam grandes atrasos no desenvolvimento da fala e nem sofrem com comprometimento cognitivo grave.
 
Esses alunos costumam escolher temas de interesse, que podem ser únicos por longos períodos de tempo – quando gostam do tema “dinossauros”, por exemplo, falam repetidamente nesse assunto. 
 
Habilidades incomuns, como memorização de sequências matemáticas ou de mapas, são bastante presentes em pessoas com essa síndrome.
 
Na infância, essas crianças apresentam déficits no desenvolvimento motor e podem ter dificuldades para segurar o lápis para escrever. Estruturam seu pensamento de forma bastante concreta e não conseguem interpretar metáforas e ironias – o que interfere no processo de comunicação.
 
Além disso, não sabem como usar os movimentos corporais e os gestos na comunicação não-verbal e se apegam a rituais, tendo dificuldades para realizar atividades que fogem à rotina.
A intensidade dos sintomas pode variar, estando mais aparente em algumas pessoas. Entretanto, em casos mais leves, é possível não se notar a presença dos sintomas por muitos anos antes de ser feito o diagnóstico. 
 
Sintomas de Síndrome de Asperger
 
 
Os sintomas da Síndrome de Asperger podem variar de pessoa para pessoa, e variam também de intensidade e gravidade. Os sinais mais comuns incluem:

1.    Problemas com habilidades sociais

Crianças com Síndrome de Asperger geralmente têm dificuldade para interagir com outras pessoas e muitas vezes comportam-se de forma estranha em situações sociais. Portadores desse distúrbio geralmente não fazem amigos facilmente, pois têm dificuldade para iniciar e manter uma conversa.
 

2.    Comportamentos excêntricos ou repetitivos

Crianças com essa condição podem desenvolver um tipo de comportamento anormal, que envolve movimentos repetitivos e estranhos, como torcer mão ou os dedos.
 

3.    Práticas e rituais incomuns

Uma criança com Síndrome de Asperger pode desenvolver rituais que ele ou ela se recuse terminantemente a alterar, como se vestir obrigatoriamente em uma ordem específica, por exemplo.
 

4.    A fixação por uma única atividade

É comum que a criança com síndrome de Asperger se concentre em poucos interesses ou em apenas um, fazendo a mesma coisa por horas e horas. A criança parece obcecada com alguma coisa, pode ser um brinquedo como carrinhos, bonecas, livros de histórias…. Ela repete e se dedica à brincadeira por um tempo exagerado.
5.    Dificuldades para interpretar os sinais sociais
Outro sinal importante é a dificuldade social. Decifrar uma linguagem corporal, esperar a vez para realizar uma atividade ou para ter uma conversa pode ser bem complicado. 
Pode ser bem difícil fazer um trabalho em grupo na escola porque a criança não espera a sua vez de participar e não é capaz de aceitar outros pontos de vista, nem consegue manter uma conversa. Como resultado, crianças com Asperger podem ficar isoladas de outras crianças

6.    Atrasos no desenvolvimento motor

 
Em alguns casos, podem ter habilidades motoras ruins ou atrasos motores em habilidades básicas, tais como escrever ou andar de bicicleta.

7.    Sensibilidade sensorial

Em alguns casos, a criança com Síndrome de Asperger possui maior sensibilidade sensorial, que pode ser facilmente estimulada por algumas sensações como luzes brilhantes, ruídos altos ou texturas.
 

Tratamentos

 
 
Como cada criança apresenta uma característica distinta, o tratamento deve ser específico para que o paciente seja devidamente assistido. Porém, o tratamento multidisciplinar, feito com vários profissionais (neuropsicólogos, pediatras, fonoaudiólogos e psicopedagogos). Os pontos a serem tratados são os seguintes:
 
  • Treinamento das habilidades sociais da criança;
  • Educação especializada;
  • Terapia cognitiva e psicoterapia (às crianças maiores);
  • Educação especializada;
  • Terapia de interação sensorial (aos mais novos);
  • Terapia da linguagem.
 
A criança portadora da Síndrome de Asperger pode levar a vida normalmente. Sendo assim, o apoio da família e da escola na desconstrução de conceitos pré-estabelecidos é essencial para a qualidade de vida do pequeno. 
 
Não se esqueça que pessoas geniais como Albert Einstein, Isaac Newton e músicos como Syd Barrett, fundador do Pink Floyd, têm sintomas consideráveis para um diagnóstico de Síndrome de Asperger.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome